PASSEAR PORTUGAL

Braga convida a viver a Semana Santa e a Páscoa com programa de excelência




A Semana Santa de Braga é celebrada entre os dias 24 e 31 de março 2024.

A Semana Santa é o principal acontecimento religioso de Braga e um dos mais marcantes da vida religiosa e cultural em Portugal.

Símbolo de tradição, cultura, história e fé, a Semana Santa é, também, um dos principais ativos turísticos de Braga e promete levar à cidade milhares de visitantes, que poderão voltar a assistir às tradicionais procissões que percorrem o centro histórico.


Procissão dos Passos




A Procissão dos Passos, organizada anualmente no Domingo de Ramos pela Irmandade de Santa Cruz, é o primeiro grande cerimonial da Semana Santa de Braga. Instituída no ano de 1597 pelo Arcebispo D. Frei Agostinho de Jesus, é plausivelmente a segunda mais antiga do género em Portugal. 

O objetivo desta procissão é reconstituir o caminho (os passos) de Jesus Cristo desde o Pretório até ao Calvário. Por isso mesmo, ainda hoje, a procissão cumpre o itinerário dos Passos (calvários) espalhados no centro histórico.




Procissão do Senhor «Ecce Homo»

É uma das manifestações mais significativas que compõem as solenidades bracarenses da Semana Santa. Popularmente conhecida como a procissão do Senhor da Cana Verde ou dos Fogaréus, evoca o julgamento de Cristo, quando Pilatos, dirigindo-se à multidão, proclamou: “Eis o Homem”, que em latim se pronuncia “Ecce Homo”, daí o nome dado à imagem que é transportada solenemente neste préstito.

A origem e fundamento desta procissão deriva das práticas devocionais introduzidas no nosso país pelas Misericórdias. No dia da “desobriga” um préstito de penitentes que percorria as ruas em orações e lamentos. O imaginário ainda hoje é marcado pelo negrume das trevas, numa espécie de apelo ao arrependimento pelos males praticados ou cogitados. 

Os farricocos (ou fogaréus), ainda hoje integrados na procissão, são a personificação dos penitentes que ao longo dos séculos integraram esta manifestação. Além de muitas figuras alegóricas da Ceia e do julgamento de Jesus, desde 2004 incorporam-se na procissão alegorias das catorze obras de misericórdia, bem como figuras históricas ligadas à fundação e à história das Misericórdias, especialmente à de Braga. Desde há alguns anos incorporam-se também delegações de Misericórdias de diversos pontos do país.


Compasso Pascal


No Domingo de Páscoa, reúne-se a família. O dia é de união, de comunidade e alegria. O Compasso Pascal é o ponto alto de toda a tradição pascal.

Ouvem-se campainhas, estendem-se tapetes de flores, os foguetes abrilhantam o dia. O “Compasso”, constituído por um grupo de pessoas, parte da respetiva igreja paroquial em direção aos lares dos bracarenses, a anunciar a Ressurreição e a abençoar as várias casas.

PROGRAMA

A par da sua matriz marcadamente religiosa, a Semana Santa de Braga possui ainda uma forte dimensão cultural, com a realização de exposições, encenações e concertos, que enriquecem a experiência de quem visita a Cidade na época pascal.

As ações da Quaresma e das Solenidades da Semana Santa de Braga são organizadas pela Comissão constituída pelo Cabido da Sé de Braga, Irmandade da Misericórdia, Irmandade de Santa Cruz, Câmara Municipal de Braga, Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal, Associação Empresarial de Braga e pela Junta de Freguesia de S. Victor.

O programa completo das celebrações da Semana Santa de Braga poderá ser consultado através da página oficial em www.semanasantabraga.com 




Acompanhe o Portal de Turismo
     




Turismo histórico - em destaque